Medidas mínimas para residências

Para quem está comprando casa/apartamento, está construindo ou planejando construir, e/ou está na faculdade de arquitetura ou em algum curso técnico da área, é importante se informar sobre as medidas mínimas dos ambientes residenciais.

Um projeto arquitetônico leva em conta muitos outros parâmetros (como aspectos estruturais, conforto, aproveitamento do terreno, circulação, estética, insolação) mas as medidas dos ambientes são essenciais, ainda mais em cidades empilhadas e apertadas com apartamentos tão minúsculos como os que podemos comprar.

Para ambientes bem planejados, o ideal é contar com ajuda de um arquiteto, ok? O livro mais famoso que usamos sempre como referência de medidas mínimas e ideais é o Neufert, um manual prático para projetos de ambientes e mobiliário não só de residências, mas de lojas, escolas, igrejas, casas de espetáculos, etc. (se alguém quiser o arquivo digital do livro me peça nos comentários).

neufert-kitchen

Imagem do Manual Neufert

Lembramos também que cada cidade tem seu código de obras, que deve ser analisado antes de começar o projeto. Mas aqui vão dicas de medidas mínimas para você conferir antes de comprar/construir ou para saber se sua casa está dentro dos parâmetros de ergonomia.
Sala- No mínimo 8 m² de área útil. A distância ideal entre o espectador e a tv é de 2,50 m, e a altura do centro do monitor de tv deve estar entre 50 e 80 cm do chão. O pé- direito mínimo deve ser de 2,40 m.
No mínimo, uma mesa redonda para quatro pessoas deve ter 90 cm de diâmetro e uma para seis pessoas 1,25 m. Uma mesa quadrada com quatro lugares tem dimensão mínima de 1,30 x 1,30 m e a de oito lugares fica em 1,50 x 1,50 m.
É recomendável reservar 80 cm entre o encosto da cadeira e a parede para que os usuários possam sentar e levantar tranqüilamente da mesa, mas se puder deixe um espaço maior.

laminado linha sense

Cozinha- Área mínima de 4m², com circulação mínima de 90 cm de largura, A pia tem que ter no mínimo 55 cm de profundidade e altura padrão de 92 cm (que pode mudar para ficar mais confortável em relação a altura dos moradores da casa).

Quartos- A área mínima é de 8 m² enquanto que a dimensão mínima é de 2,50m. Para dormitórios confortáveis e versáteis, entretanto, recomenda-se que a dimensão mínima seja de 3,00 m.  Ao projetar um dormitório é preciso reservar espaço para a cama, que possui comprimento mínimo em torno de 2 m e largura que varia com o tipo. O modelo de casal tem ao menos 1,38 m. Também é necessário espaço para circulação ao redor da cama, para tanto nas laterais deve haver uma distância livre de pelo menos 50 cm.

porcelanato 3

Área de Serviço – Área mínima de 4m², o tanque deve estar numa altura mínima de 80 cm.

Banheiro – As medidas variam de legislação para legislação, mas em termos de ergonomia, a largura deve ser no mínimo 80 cm. Se tiver apenas a bacia sanitária a área mínima é de de 1,20 m². Com bacia sanitária e lavatório a área mínima sobe para 1,50 m² com os mesmos 80 cm de medida mínima. Com bacia sanitária e chuveiro vai para 2 m².  Se contiver bacia sanitária, chuveiro e lavatório precisará de 2,50 m².  As dimensões do box de chuveiro não deveriam ser menores que 80 x 80 cm, mas em casos excepcionais se admite até 70cm, entretanto o ideal é que seja maior que 80cm, algo como 100 x 90 cm.

Garagem – O projeto de garagens requer estudo cuidadoso, pois além do espaço ocupado pelo veículo propriamente dito há que se prever a circulação e manobra além da abertura de portas para entrada e saída de pessoas e bagagens. O espaço realmente mínimo é de 2,25 x 4,50 m, mas recomenda-se que, se possível, se passe para 2,80 x 5 m. Isto porque as vagas devem permitir que, quando o veículo estiver centralizado nela, exista um espaço mínimo de 30 cm ao redor para facilitando o embarque e o desembarque.

Escadas e corredores – Corredores e escadas privados devem ter largura mínima de 0,90 m. Quando curva e estreita, a largura varia entre 0,70 m e 0,80 m. Para uma escada de uso comum, ou seja, com espaço para duas pessoas passarem ao mesmo tempo, a largura mínima exigida é de 1,20 m. Nas escadas de uso coletivo, ou seja, para três ou mais pessoas usarem ao mesmo tempo, a largura mínima exigida é de 1,90 m. Em todos os casos, o pé-direito deve ter, no mínimo, 2,10 m. 
Não se esqueça também dos degraus. Para as escadas ou desníveis serem confortáveis e seguros, cada degrau precisa terno mínimo 0,17 m de altura e 0,27 m de largura. Nunca deve ser maior que 0,85 m. Assim você garantirá segurança na circulação.

porcelanato1

Outras medidas

Além destas medidas e áreas para os cômodos, diversos elementos de uma residência têm medidas mínimas, em termos de ergonomia, facilidade de manutenção e para instalar os eletrodomésticos. Veja:

Guarda corpo e peitoris – Geralmente projetado para a proteção de escadas e terraços, o guarda corpo deve ter altura suficiente para evitar quedas. A altura mínima deve ser de 85 cm, enquanto que um peitoril de janela deve ficar entre esta medida e 1,10.

Instalação Elétrica – As tomadas são colocadas em três alturas, conforme seu uso: as baixas, entre 25 a 40 cm. As de altura média, usadas geralmente para os interruptores, ficam entre 90 a 120cm, sendo mais usual a medida de 110cm. Já as tomadas altas, usadas para chuveiros, exaustores e aparelhos de ar condicionado, ficam entre 2,10 a 2,20 m.
Os interruptores ficam entre 1 m a 1,30 m. Nos dormitórios, é importante colocar pelo menos dois interruptores, um junto à porta de entrada e outro perto da cabeceira da cama.
A campainha deve ser instalada no máximo a 1,50 m de altura para permitir o acesso a crianças e portadores de deficiência física, e no máximo a 30 cm do portão, para que o braço possa alcançá-la sem esforço.

Instalação Hidráulica – A altura mínima do registro da água do chuveiro deve estar a 1,20 m e a ducha ou chuveiro a 2,10 m na parte de baixo, enquanto que o registro geral devem ficar a 1,90. Esgoto de tanque fica a 40 cm e de pia de cozinha a 50cm do chão.

Portas – Nas medidas de portas deve-se entender o que é medida da folha e o que é vão-luz. Convencionou-se que a folha de porta entra 1 cm de cada lado e 1 cm no topo para encaixar no batente. Já o vão-luz é a medida livre no batente, sendo que a medida padrão para a altura do vão-luz é de 2,10m. Assim, uma porta com vão-luz de 80cm vai usar uma folha de 82 x 211. Uma porta com folha dupla e vão luz de 1,40m vai usar duas folhas de 72 x 211cm.
As medidas comerciais para as portas são de 60, 70, 80, 90 e 100cm. Usa-se a de 60cm em banheiros, lavabos e despensas, a de 70cm para banheiros e até nos dormitórios, mas nestes últimos é melhor ficar com portas de 80cm, para facilitar a entrada dos móveis. Nos corredores e portas de entrada recomenda-se portas de 90 em ou mais.
Se necessário instalar um olho mágico, este deve ficar ao centro da porta em uma altura mínima de 1,50 m, mas que deve ser medida pela altura do olho da menor pessoa da casa para garantir a comodidade de todos.

Janelas – Seu tamanho deve seguir o desejo dos proprietários e do projeto arquitetônico. Devem ficar numa altura que permita que uma pessoa em pé ou sentada dentro do ambiente consiga visualizar o lado de fora.
Janelas de cozinha devem ter seu peitoril numa altura mínima de 1,25 m. Para dormitórios, escritório e salas, a altura mínima é de 1 m enquanto nos banheiros é de 1,80 m, podendo ser menos desde que se garanta a privacidade do usuário com elementos como vegetação, brise-soleil ou muros.
Em qualquer caso, a área de iluminação deve ser de 1/10 da área de piso para ambientes de permanência prolongada, como salas e dormitórios, e de 1/7 da área de piso para ambientes transitórios, como banheiros e cozinhas.
A área de ventilação natural deve ser de, no mínimo, a metade da superfície de iluminação natural para cada ambiente.
Por exemplo, uma sala de 20 m² deve ter janela com no mínimo 2 m² envidraçada e que abra permitindo vão de ventilação com ao menos 1 m².

Esse texto foi retirado e adaptado daqui.

Vale a pena um apartamento com face norte?

Se você está escolhendo onde morar, é o momento de aprender sobre insolação solar e as faces das edificações.

Insolação solar se refere a quantidade de radiação solar que transpassa em um ponto específico da Terra. Nos apartamentos, a radiação solar direta (o sol que literalmente “bate” em sua janela) é importante principalmente nos meses de inverno, para compensar as perdas de calor e frio intenso. Além disso, o sol tem efeito germicida no ambiente (evitando mofo).

01-cortinas-para-bloquear-a-luz-trazer-privacidade-e-dar-acabamento-decoracao

Para um maior aproveitamento da luz solar, no hemisfério Sul  – abaixo da linha do Equador – é indicado que o apartamento tenha suas janelas voltadas para o Norte (em relação aos pontos cardeais), pois assim terá uma maior incidência de sol no inverno e uma incidência menor no verão.

O ideal é ter insolação nos meses de inverno e no período na manhã. No período do meio dia, e da tarde nos meses de verão a insolação não é desejável, principalmente em cidades mais quentes. Já em cidades frias, como Curitiba, o sol é bem vindo o ano todo, por termos frio até nos meses de verão.

09

Orientação NORTE: Sol o ano todo. Tem uma insolação importante no inverno, durante quase todo o dia e no verão o sol passa “por cima” das construções, aliviando o calor. Com uma pequena varanda ou beiral já é possível bloquear a maior parte da radiação do sol. Ideal para todos os ambientes com janela.

Orientação SUL: É a mais problemática, pois não recebe nenhum sol no inverno e pouco no verão. É a orientação onde as pessoas encontram mofo e umidade nos ambientes. Quanto mais ao sul do país, essa orientação recebe menos sol.  Ideal para ambientes sem janela, como estúdios fotográficos e adegas.

Orientação LESTE: Recebe muito sol pela manhã, que é agradável. O sol da manhã é mais “fresco” pois o dia amanhece mais frio e vai aquecendo aos poucos. Normalmente são ambientes toleráveis no verão e agradáveis a tarde. Ideal para quartos, salas, cozinhas, etc.

Orientação OESTE: Recebe sol pela tarde, e é bem quente nesse período do dia nos meses de verão. Ideal para quartos com varanda (pois a varanda cria uma barreira para o sol nessa área).

f_018

Além de observar a orientação dos ambientes é necessário observar se existem muitos edifícios altos na região para obstruir o sol do seu apartamento. De nada adianta ter um lindo apartamento de face norte, e que fica a maior parte do dia sombreado por outro prédio vizinho.

Também é importante deixar as cortinas e janelas abertas, quando possível, para a entrada do sol durante o dia, para circulação e renovação do ar e entrada do sol. O sol é saúde!  Em Curitiba o sol é muito importante mesmo, nunca vi lugar com tanta umidade como aqui, olhem só como era o teto da casa que eu morava antes. E isso era o ambiente que estava “menos pior”. Umidade e mofo são conhecidos por todos aqui. Por isso os apartamentos ensolarados são tão desejados, para combater esse mal!

apartamento-no-itaim-bibi-sao-paulo-reformado-por-sidney-quintela-arquitetos-associados-1332442454735_956x500

Não se esqueça que na prática, é dificil um apartamento ser totalmente só um tipo de face. Temos uma mistura delas, como “nordeste”, “sudoeste”, etc. O importante é verificar onde está o norte e a partir daí ver se o seu apartamento terá uma boa insolação.

Planta COM O NORTE

O meu apartamento tem face para o lado noroeste e nordeste com sol o dia todo. Escolhi ele de acordo com a insolação mesmo, para ficar quentinho no inverno e fresco no verão. E até agora digo que está funcionando. Por aqui ainda tem temperaturas de inverno (mesmo em outubro), e o sol entra o dia todo. Pela manhã e começo da tarde na sala e quarto 02, e pela tarde no meu quarto e na cozinha.